Financiamento da UE
Photo Photo Photo Photo

“EUR HELLO - THE IMPORTANCE OF GREETING IN CREATING A BETTER SOCIETY”.

EUR HELLO - THE IMPORTANCE OF GREETING IN CREATING A BETTER SOCIETY”.

Este projeto insere-se na Vertente 2, Medida 1 (Geminação de Cidades), do Programa “Europa para os Cidadãos”, a apresentar até 1 de março de 2017.

O objectivo do projeto é analisar a importância da saudação nas comunicações e nas relações sociais. Através da saudação, que representa a forma mais imediata de aproximação para com o outro, as pessoas apresentam-se ao outro de uma maneira fácil e espontânea, a fim de criar um elo. O projeto visa identificar as áreas e modalidades de possíveis confrontações sobre o tema da saudação e suas conexões, isto é, educação, comunicação, aceitação e paz, ligadas a esse gesto; Dizer Olá parece ser inútel, mas na realidade está cheio de significado. O objetivo é chegar a um debate europeu sobre estas questões.

Para mais informações é favor contactar:

 

Marco Albano 

Telem. (0039)333/4453496 

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Project title

EUR HELLO - THE IMPORTANCE OF GREETING IN CREATING A BETTER SOCIETY

Theme

TOWN TWINNING Europe for Citizens

Call for proposal

EACEA/36/2014 CALL REFERENCE

Project objectives

The purpose of the project is to analyze the importance of  greeting in communications and social relations. Through the greeting, which represents the most immediate form of approach towards the other,  people presented themself to the other in an easy and spontaneous way in order to create a link. The project aims to identify the areas and modalities of possible confrontation on the theme of the greeting and its connections, ie education, communication, acceptance and peace connected with this gesture; say hello seem to be useless but in reality is full of meanings. The purpose is to reach a European debate on these issues.

Organisations/Information about lead partner

Comune di Montegaldella

Via Roma  n. 9 – Montegaldella

tel. (0039)0444/636012 fax. (0039)0444/635124

email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Searched partners

European Town under 5.000 inhabitants.

Financial aspects

The project is funded by the European Union with a contribution of € 25,000. The project promoters should anticipate the funding that would be fully reimbursed by the project. For more details orfurther information please contact .

Deadline

The project deadline is 1 march 2017.

Contact details

Marco Albano

Mobile number (0039)333/4453496 

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. or Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

HORIZONTE 2020 apoia as PME Inovadoras portuguesas com 300 milhões do FEI

FEI - Fundo Europeu de Investimento financiou com 300 milhões de euros uma nova linha de crédito dirigida às Micro, Pequenas e Médias Empresas portuguesas que se destaquem pela sua Inovação, lançada pelo Novo Banco.

A transação beneficia do apoio financeiro da União Europeia através do Programa HORIZONTE 2020 e do FEIE - Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos, criados no âmbito do Plano de Investimento para a Europa.

FEIE visa apoiar o financiamento de investimentos produtivos na União Europeia e assegurar um maior acesso a fontes de financiamento.

"O Novo Banco disponibiliza uma nova linha de crédito no valor de 300 milhões de euros tendo por base o acordo celebrado com o Fundo Europeu de Investimento (FEI), que tem como beneficiários micro, Pequenas e Médias Empresas (PMEs), assim como empresas de maior dimensão (empregando até 499 trabalhadores)", informou em comunicado o Novo Banco.

"A nova linha destina-se especificamente a empresas que pretendam financiamento para apoiar as suas atividades ou projetos de investigação, desenvolvimento e inovação, até um máximo de 7,5 milhões de euros, e conta com uma cobertura do FEI para 50% do risco de crédito subjacente, sendo por isso muito relevante no apoio aos projetos aprovados nos sistemas de incentivos à inovação produtiva e qualificação de PME no âmbito do Portugal 2020", destacou.

Este instrumento reveste-se de particular importância para o Novo Banco porque permite o acesso das PME portuguesas a condições de financiamento mais favoráveis, promovendo assim a criação de emprego e o crescimento da economia, e dando continuidade à estratégia prosseguida de permanente apoio ao tecido empresarial Português.

Esta é a terceira transação do género assinada entre o Novo Banco e o FEI, sublinhou a entidade portuguesa, "depois do sucesso alcançado com o lançamento, em Outubro de 2013, da linha 'Risk Sharing Finance Facility' e, em Julho de 2015, da linha 'InnovFin SME Guarantee Facility', através das quais o Novo Banco facultou 360 milhões de euros de financiamento a mais de 400 empresas inovadoras suas clientes".

Fonte: Notícias ao Minuto

Europa para os Cidadãos

Está aberta a candidatura para apresentação de projetos às duas vertentes e três medidas do Programa “Europa para os Cidadãos”até 1 de março de 2017.

O Programa «Europa para os Cidadãos» foi criado pelo Regulamento Nº 390/2014, de 14 de abril, para o período 2014-2020e é gerido pela Agência de Execução relativa à Educação, ao Audiovisual e à Cultura EACEA da Comissão Europeia.

Os objetivos do programa são :

  • Contribuir para a compreensão pelos cidadãos da União, da sua história e diversidade
  • Promover a cidadania europeia e melhorar as condições para a participação cívica e democrática a nível da União
  • Reforçar a sensibilização em termos de memória, da história e dos valores comuns da União
  • Incentivar a participação democrática e cívica dos cidadãos europeus, através da compreensão do processo de elaboração das políticas da UE, da promoção de oportunidades, a nível social, intercultural e de voluntariado europeu
  • Comemoração dos principais pontos de viragem na história recente da Europa
  • A sociedade civil e a participação cívica sob regimes totalitários
  • Ostracismo e perda de nacionalidade sob regimes totalitários: tirar as lições para hoje
  • Transição democrática e adesão à União Europeia

O programa compreende duas vertentes:

Memória europeia:

Empenhamento democrático e participação cívica:

  • Compreender e debater o euroceticismo
  • Solidariedade em tempos de crise
  • Luta contra a estigmatização dos "migrantes" e construção de narrativas para promover o diálogo intercultural e a compreensão mútua
  • Debate sobre o futuro da Europa

Esta vertente compreende 3 medidas: Geminação de cidades, Redes de cidades e projetos da sociedade civil.

 

O Programa está aberto à participação dos seguintes países:

  1. 28 Estados-Membros (EM);
  2. Países em vias de adesão, países candidatos e potenciais candidatos;
  3. Países da EFTA que sejam partes no Acordo do EEE, nos termos desse Acordo.

Os candidatos e parceiros devem ser organismos públicos ou organizações sem fins lucrativos, dotados de personalidade jurídica e devem estar estabelecidos num dos países que participa no programa. Pelo menos um EM da União deve estar envolvido.

Sugere-se aconsulta à Plataforma para o Programa Europa para os Cidadãos onde estão disponíveis os projetos aprovados nos últimos 3 anos, que podem servir de exemplo para um futuro projeto, bem como das FAQs (en).

Apoio a ações de informação no domínio da política agrícola comum (PAC)

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS

 

 agricultura 1

«Apoio a ações de informação no domínio da política agrícola comum (PAC)» para 2017

 

Objetivo

No que respeita ao público em geral, o objetivo é sensibilizar a opinião pública para a importância do apoio concedido pela UE aos setores da agricultura e do desenvolvimento rural no âmbito da PAC.

No que respeita aos outros interessados, o objetivo é cooperar com as partes interessadas (sobretudo agricultores e outros agentes que desenvolvem a sua atividade nas zonas rurais), de modo a comunicarem melhor sobre a PAC com as suas circunscrições e o público em geral.

 

Tema

As propostas de ações de informação devem ilustrar a forma como a PAC contribui para a realização das prioridades políticas da Comissão.

A PAC é uma política para todos os cidadãos da Europa e contribui para a melhoria das suas vidas de inúmeras formas. As propostas deverão abranger especificamente a contribuição da PAC para o seguinte:

Promoção do emprego, do crescimento e do investimento nas zonas rurais e manutenção de comunidades rurais viáveis em toda a UE;

Realização dos objetivos definidos no quadro da UE para o clima e a energia para 2030, nomeadamente no que respeita ao potencial da agricultura e da silvicultura em termos de papel a desempenhar na adaptação às alterações climáticas e a nível de medidas de atenuação;

Consecução do objetivo de uma produção agrícola sustentável, que satisfaça o duplo requisito da garantia da segurança alimentar e da proteção do ambiente rural, nomeadamente no que respeita à qualidade e quantidade de água;

Garantia de um rendimento justo para os agricultores que participam na cadeia agroalimentar, de modo a manter a viabilidade da produção agrícola europeia e garantir o futuro do modelo de exploração agrícola familiar.

 

Orçamento disponível

O orçamento total destinado ao cofinanciamento das ações está estimado em 3 500 000 EUR

 

Financiamento

O financiamento assumirá a forma de um financiamento misto composto por:

um reembolso de 60 % dos custos elegíveis efetivamente suportados,

será considerada elegível, a título de custos indiretos, uma contribuição à taxa fixa de 7 % dos custos diretos elegíveis, correspondente aos custos gerais administrativos do beneficiário, que podem ser considerados como imputáveis à ação de informação.

 

Montante da subvenção

O montante da subvenção (incluindo a taxa fixa para custos indiretos) será, no mínimo, de 70 000 euros e, no máximo, de 500 000 euros.

 

Período indicativo de execução das ações de informação: 1 de maio de 2017 – 30 de abril de 2018.

Call para apoio a Redes Europeias : alteração fundamental no critério de elegibilidade da Rede

Apoio a Redes Europeias

 

Nota Prévia :

 

Pretendemos com esta informação salientar alguns critérios que permitam a identificação rápida do enquadramento de possíveis projectos no programa Europa Criativa. No entanto, salientamos que a informação disponibilizada neste website, não invalida a absoluta necessidade de leitura dos respectivos guidelines das linhas de financiamento, por forma a aferir, nomeadamente, os critérios de elegibilidade e de avaliação. Os guidelines poderão ser encontrados no website da Comissão Europeia/ EACEA - Education, Audiovisual and Culture Executive Agency.

 

Estado da call : Aberta

 

Prazo de Submissão: 25 de Novembro, 11h (12h de Bruxelas)

 



Acesso às informações sobre o convite à apresentação de propostas e demais documentação em : https://eacea.ec.europa.eu/creative-europe/funding/support-european-networks-eacea-392016_en

 


A premissa sob esta linha de financiamento é a defesa de que as Redes desempenham um papel importante em aproximar, a nível europeu, agentes culturais que exercem a sua actividades de forma fragmentada a nível nacional. Entende-se que as redes ajudam a acelerar o ajustamento dos sectores aos desafios que lhes são colocados (através da partilha de conhecimento e do desenvolvimento de acções de sensibilização), contribuindo, desta forma, para a criação de um ambiente favorável aos agentes culturais.

 

Objectivos e prioridades (resumo)

 


A linha de financiamento a Redes Europeias tem como objectivo específico : 

 

Apoiar acções que promovam o desenvolvimento de competências que concorram para o fortalecimento dos sectores cultural e criativo (capacity building), nomeadamente apoiando projectos que permitam o exercício da actividade a um nível transnacional e internacional e a capacidade de adaptação à mudança.

 

  • Visa reforçar as organizações culturais e o networking internacional por forma a facilitar o acesso dos profissionais a novas oportunidades
  • Orientação business to business : apoio de actividades onde os profissionais da cultura ajudem outros agentes culturais a se profissionalizarem através de networking, peerlearning, exchanges, etc
  • Não existem quotas por países ou regiões e /ou por área cultural ou artística
  • O Modelo de financiamento é o de co-financiamento
  • Redes constituídas com um mínimo de 15 membros
  • Estabelecidos em, pelo menos, 10 países diferentes
  • Pelo menos 5  países deverão ser :
  • Rede deverá ter 2 anos de existência legal
  • Percentagem de co-financiamento : 80%
  • Valor máximo: 250.000€ / ano
  • Percentagem paga 30 dias após assinatura do contrato : 70%
  • O único valor aprovado definitivamente é o valor do 1º ano do projecto. Todos os anos candidatos serão convidados a apresentarem uma candidatura simplificada, por forma a ser aprovado o montante previsto para o ano seguinte.

 

Algumas considerações prévias

 

Critérios de elegibilidade

 

 Membros da UE e candidatos a membros

 

-  Países EFTA (Islândia e Noruega)

 

-  Países abrangidos pela Política de Vizinhança (salientamos que a participação deste países depende da assinatura de um acordo específico com a UE. A lista de países efectivamente elegíveis pode ser consultada no website da Comissão.)

 

               

 

 

Co-Financiamento

 

Critérios de Avaliação dos Projectos

 

Critério


Definição
Pontos (máximo)
1. Relevância
A candidatura contribui para os objectivos e prioridades ? 30
2. Qualidade do conteúdo e actividades
Como é que o projecto é implementado? 25
3. Comunicação e disseminação Qual a abordagem do projecto com vista à comunicação das suas actividades e para a
partilha de conhecimento e experiências no sector e além fronteiras?
15
4. Qualidade da Rede Europeia
Quão representativa e estável é a rede? 30

 

https://eacea.ec.europa.eu/sites/eacea-site/files/eacea_2016_00860000_pt_tra.pdf

 

 

 

800

Discurso sobre

o Estado da União Europeia

do Presidente Juncker

 


PT european solidarity corps LOGO CMYK


 

 a europea vai à escola


 your europe 


Eures 2010-06-08


solvit02


i006907


TRAVEL

Link para download

Apple app Store

Google PlayStore

Windows app Store


menu header



1363083440banner rapid

 


1363083472banner tratadolisboa


1363083817banner-europago


bookeuroep


logo 1


logo 2


erasmus-entrepreneurs-logo