Home
Photo Photo Photo Photo

Dois projetos portugueses distinguidos pelo Conselho Europeu de Investigação

 782530

Foram anunciados os 52 vencedores de um concurso de subvenções para a inovação, onde se contam dois projetos portugueses.

As chamadas subvenções «validação do conceito» do Conselho Europeu de Investigação (CEI), no valor de 150 000 euros cada, destinam-se a investigadores que exploram o potencial inovador das suas descobertas científicas, o que os ajudará a trazer os resultados da sua investigação de fronteira mais próximos do mercado. Os vencedores anunciados hoje juntam-se, assim, aos 102 outros que já receberam subvenções em 2017. No total, 160 investigadores irão agora procurar oportunidades de negócio, estabelecer direitos de propriedade intelectual ou testar a viabilidade técnica para provar o seu conceito científico.

Em Portugal, foram distinguidos João Mano da Universidade de Aveiro com o projeto MicroBone, que desenvolve plataformas 3D com plasma rico em plaquetas com vista à criação de micro-tecidos ósseos para modelos de doenças in vitro e José Henrique Fernandes da Fundação D. Anna De Sommer Champalimaud e Dr. Carlos Montez Champalimaud, com o projeto NEURIMM que trata da ativação neuro-imune como nova abordagem terapêutica da IBD.

Os investigadores selecionados poderão, por exemplo, desenvolver novos antibióticos dirigidos a bactérias resistentes aos medicamentos, produzir grafeno para proteger as obras de arte ou fazer tintas termorreguladoras suscetíveis de reduzir o consumo de energia dos edifícios. O orçamento global do concurso era de 24 milhões de euros. Em outubro do ano passado, a Comissão orientou o financiamento da investigação e inovação no sentido de estimular a inovação de vanguarda geradora de mercados.

A Europa já é líder mundial no domínio da ciência e da tecnologia e para a tornar também um importante motor de inovação, a Comissão lançou a primeira fase do Conselho Europeu de Inovação para apoiar investigadores de topo, empreendedores, pequenas empresas e investigadores com ideias brilhantes. O Conselho mobilizará 2,7 mil milhões de euros destinados a apoiar a inovação de alto risco/ganhos elevados. As subvenções «validação do conceito», anunciadas hoje, são concedidas pelo Conselho Europeu de Investigação e fazem parte do programa de investigação e inovação Horizonte 2020.

Mais informações:

Dois projetos portugueses distinguidos pelo Conselho Europeu de Investigação

Foram hoje anunciados os 52 vencedores de um concurso de subvenções para a inovação, onde se contam dois projetos portugueses.

As chamadas subvenções «validação do conceito» do Conselho Europeu de Investigação (CEI), no valor de 150 000 euros cada, destinam-se a investigadores que exploram o potencial inovador das suas descobertas científicas, o que os ajudará a trazer os resultados da sua investigação de fronteira mais próximos do mercado. Os vencedores anunciados hoje juntam-se, assim, aos 102 outros que já receberam subvenções em 2017. No total, 160 investigadores irão agora procurar oportunidades de negócio, estabelecer direitos de propriedade intelectual ou testar a viabilidade técnica para provar o seu conceito científico.

Em Portugal, foram distinguidos João Mano da Universidade de Aveiro com o projeto MicroBone, que desenvolve plataformas 3D com plasma rico em plaquetas com vista à criação de micro-tecidos ósseos para modelos de doenças in vitro e José Henrique Fernandes da Fundação D. Anna De Sommer Champalimaud e Dr. Carlos Montez Champalimaud, com o projeto NEURIMM que trata da ativação neuro-imune como nova abordagem terapêutica da IBD.

Os investigadores selecionados poderão, por exemplo, desenvolver novos antibióticos dirigidos a bactérias resistentes aos medicamentos, produzir grafeno para proteger as obras de arte ou fazer tintas termorreguladoras suscetíveis de reduzir o consumo de energia dos edifícios. O orçamento global do concurso era de 24 milhões de euros. Em outubro do ano passado, a Comissão orientou o financiamento da investigação e inovação no sentido de estimular a inovação de vanguarda geradora de mercados.

A Europa já é líder mundial no domínio da ciência e da tecnologia e para a tornar também um importante motor de inovação, a Comissão lançou a primeira fase do Conselho Europeu de Inovação para apoiar investigadores de topo, empreendedores, pequenas empresas e investigadores com ideias brilhantes. O Conselho mobilizará 2,7 mil milhões de euros destinados a apoiar a inovação de alto risco/ganhos elevados. As subvenções «validação do conceito», anunciadas hoje, são concedidas pelo Conselho Europeu de Investigação e fazem parte do programa de investigação e inovação Horizonte 2020.

Mais informações:

P038104-966381

Discurso sobre

o Estado da União Europeia

do Presidente Juncker


  HORÁRIO

Segunda a Sexta
9h00 - 12h30

13h30 - 18h00 


CONTACTOS

Av. Dr. Nicolau Carneiro, 196

4590-512 Paços de Ferreira

T. +351 255 147 314

     +351 916 096 155 

Email: europedirect@profisousa.pt


Se já contactou um Centro Europe Direct, p.f. avalie aqui  a sua atuação. 

 

Estatísticas

Hoje2
Semana533
Mês3357
Total223269

IP 54.221.9.6 Informações Unknown - Unknown 14-11-2018

Siga-nos no Facebook

Siga-nos no Twitter

Tweets de @CIED_TSAT

max maillots max maillot air jordan pas cher air jordan pas cher air jordan pas cher air jordan pas cher air jordan pas cher golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora outlet pandora outlet pandora outlet pandora outlet pandora outlet pandora outlet woolrich outlet