Notícias
Photo Photo Photo Photo

Workshops Ambiente

No âmbito do mês do ambiente e do desenvolvimento sustentável, o CIED organizou, no dia 26, momentos de formação e informação, um workshop e uma caminhada solidária.
 100 5061
Estiveram connosco o Prof. Raúl Rodrigues, que apresentou o livro Horticultura Social e Terapêutica e falou sobre a prevenção de pragas e doenças das plantas, sob o ponto de vista do conceito de agricultura biológica, e o Eng. Rocha Cardoso, que explicou e demonstrou, juntamente com a D. Fátima (zeladora da horta social da Paços 2000) como construir uma Horta Vertical.
 
Depois deste evento, houve uma caminhada solidária com vista à angariação de fundos para a construção de uma estufa social para a Associação à Promoção de Classes Sociais Menos Favorecidas Paços 2000 - Paços de Ferreira. Esta estufa servirá ainda de suporte a uma ação de formação em agricultura promovida pela Obra Social Sílvia Cardoso, também de Paços de Ferreira, para 30 alunos com deficiência.

Os cidadãos poderão contribuir com os seus donativos, quer nas estufas mealheiro, presentes nas instituições organizadoras, ou através de depósito bancário no NIB: 0036.0162.99100016730.80.

 

Caminhada Solidária

caminhadaSalientamos que a caminhada tem um fim solidário, pretendendo angariar fundos para a construção de uma estufa social para a Paços 2000, que assim poderá cultivar produtos hortícolas. Paralelamente, o espaço da estufa servirá de suporte à atividade formativa da Obra Social e Cultural Sílvia Cardoso, que terá brevemente em funcionamento um curso de Operador Agrícola para 30 alunos portadores de deficiência.

Convenção – a europa nos desafios do conhecimento e da qualificação

Na passada sexta-feira, dia 7 de junho, o Centro de Informação Europe Direct do Tâmega e Sousa, promoveu a sua primeira convenção, que se centrou num produtivo debate sobre as questões da educação a nível europeu.

Várias personalidades de renome na área debateram como se deve (re)pensar a oferta educativa a nível europeu, partindo do princípio que num mercado global de emprego as condições oferecidas deverão ser o mais aproximadas possível, para que todos possam concorrer em igualdade.

1Redimensionada psiteDSC00104

A educação a formação e a qualificação foram, assim, assuntos de comum interesse para cerca de 8 dezenas de participantes, presentes no evento que decorreu no auditório da Associação Empresarial de Paços de Ferreira.

Acederam ao convite para este debate Paulo Vila Maior, professor na Universidade Fernando Pessoa, que assumiu o papel de moderador; Joaquim Luís Coimbra, professor na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; Albino Almeida, Conselheiro Nacional da Educação; Manuel Carlos, Vice-Presidente da CONFAP e Gonçalo Xufre, Presidente da Agencia Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional. 3Redimensionada psiteDSC00104

Lançado o desafio, os vários oradores apresentaram-se e explicaram de que forma se sentem representados na área da educação, dando especial realce às carências que se fazem sentir, desde o ensino pré-escolar ao ensino universitário.

2Redimensionada psiteDSC00104

A participação do presidente da ANQEP foi das mais aguardas, pois dois dias antes havia sido anunciada a abertura das candidaturas aos CQEP, ou seja, aos Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional, que hão de suceder aos Centros Novas Oportunidades (CNO). Dado que na plateia havia muitos profissionais dos CNO, agora extintos, o presidente da agência viu-se confrontado com diversas questões, nomeadamente sobre a forma como estes centros vão ser distribuídos no território, bem como em que moldes funcionarão, dado que, no que concerne ao financiamento, as respostas eram, ainda, muito dúbias. Quanto à distribuição dos CQEP, Gonçalo Xufre avançou que cerca de 60 ficarão nos Institutos de Emprego e Formação Profissional, que assegurarão os processos de reconhecimento de competências profissionais (RVCC PRO); cerca de meia centena serão assegurados nas escolas para os processos de reconhecimento escolar e os demais ficam para as entidades privadas com autofinanciamento. Outra novidade que avançou foi o envolvimento das autarquias nos processos de orientação de jovens e adultos para as ofertas de qualificação mais adequadas.

Europe Direct Tâmega e Sousa defende «Emigração Segura»

68530 166329343532297 1954677343 n

A atual situação económica que o país atravessa é responsável «por uma emigração muito forte», afirmou o vice-presidente do Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa. Na opinião de José Pedro Reis, «uma vez que os emigrantes procuram fora aquilo que não encontram cá, pelo menos que partam com segurança». O dirigente enalteceu, também, a união que se vive na região ao nível das associações empresariais, porque «juntas têm uma capacidade muito mais elevada».

José Pedro Reis falava na abertura do seminário «Emigração Segura», promovido pelo Centro de Informação Europe Direct Tâmega e Sousa, no Marco de Canavezes, e destinado a pessoas interessadas em conhecer os trâmites para uma emigração segura. Esta iniciativa contou, ainda, com a presença do autarca Manuel Moreira, anfitrião do evento, bem como de Aude Amorim, do Consulado da França no Porto, de Ana Pimentel, da Rede Eures, Heliberto Da Silva, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, bem como de Jorge Oliveira, responsável pelo Europe Direct Tâmega e Sousa.

A sessão procurou esclarecer devidamente todas as pessoas que procuram emigrar, para que o façam sem incorrer nos mais variados perigos. Para os responsáveis do Centro de Informação Europe Direct Tâmega e Sousa o objetivo fundamental desta e de iniciativas semelhantes é manter os cidadãos devidamente informados sobre as diversas temáticas da atualidade na União Europeia.

Ano Europeu dos Cidadãos

ANO-EUROPEU-2013-1O Centro de Informação Europe Direct Tâmega e Sousa vai realizar um passatempo designado “Europa sem Fronteiras”, destinado especialmente a alunos do 3.º ciclo de ensino básico e do ensino secundário dos estabelecimentos de ensino e formação da região do Tâmega e Sousa, subordinado ao tema “Ano Europeu dos Cidadãos”.

Este passatempo tem como objetivo premiar os alunos que, num videoclipe, demonstrem ter conhecimento sobre as questões da cidadania europeia. Os prémios serão entregues em cerimónia alusiva ao Dia da Europa, 9 de maio, que decorrerá na Escola Secundária de Paços de Ferreira.

Faça aqui o download do Regulamento

800

Discurso sobre

o Estado da União Europeia

do Presidente Juncker


  HORÁRIO

Segunda a Sexta
9h00 - 12h30

13h30 - 18h00 


CONTACTOS

Av. Dr. Nicolau Carneiro, 196

4590-512 Paços de Ferreira

T. +351 255 147 314

     +351 916 096 155 

Email: europedirect@profisousa.pt

 

max maillots max maillot air jordan pas cher air jordan pas cher air jordan pas cher air jordan pas cher air jordan pas cher golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet golden goose outlet pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora pas cher pandora outlet pandora outlet pandora outlet pandora outlet pandora outlet pandora outlet woolrich outlet