Notícias
Photo Photo Photo Photo

Convenção – a europa nos desafios do conhecimento e da qualificação

Na passada sexta-feira, dia 7 de junho, o Centro de Informação Europe Direct do Tâmega e Sousa, promoveu a sua primeira convenção, que se centrou num produtivo debate sobre as questões da educação a nível europeu.

Várias personalidades de renome na área debateram como se deve (re)pensar a oferta educativa a nível europeu, partindo do princípio que num mercado global de emprego as condições oferecidas deverão ser o mais aproximadas possível, para que todos possam concorrer em igualdade.

1Redimensionada psiteDSC00104

A educação a formação e a qualificação foram, assim, assuntos de comum interesse para cerca de 8 dezenas de participantes, presentes no evento que decorreu no auditório da Associação Empresarial de Paços de Ferreira.

Acederam ao convite para este debate Paulo Vila Maior, professor na Universidade Fernando Pessoa, que assumiu o papel de moderador; Joaquim Luís Coimbra, professor na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; Albino Almeida, Conselheiro Nacional da Educação; Manuel Carlos, Vice-Presidente da CONFAP e Gonçalo Xufre, Presidente da Agencia Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional. 3Redimensionada psiteDSC00104

Lançado o desafio, os vários oradores apresentaram-se e explicaram de que forma se sentem representados na área da educação, dando especial realce às carências que se fazem sentir, desde o ensino pré-escolar ao ensino universitário.

2Redimensionada psiteDSC00104

A participação do presidente da ANQEP foi das mais aguardas, pois dois dias antes havia sido anunciada a abertura das candidaturas aos CQEP, ou seja, aos Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional, que hão de suceder aos Centros Novas Oportunidades (CNO). Dado que na plateia havia muitos profissionais dos CNO, agora extintos, o presidente da agência viu-se confrontado com diversas questões, nomeadamente sobre a forma como estes centros vão ser distribuídos no território, bem como em que moldes funcionarão, dado que, no que concerne ao financiamento, as respostas eram, ainda, muito dúbias. Quanto à distribuição dos CQEP, Gonçalo Xufre avançou que cerca de 60 ficarão nos Institutos de Emprego e Formação Profissional, que assegurarão os processos de reconhecimento de competências profissionais (RVCC PRO); cerca de meia centena serão assegurados nas escolas para os processos de reconhecimento escolar e os demais ficam para as entidades privadas com autofinanciamento. Outra novidade que avançou foi o envolvimento das autarquias nos processos de orientação de jovens e adultos para as ofertas de qualificação mais adequadas.

A Europa Vai À Escola

Inscreva-se aqui

_europa_va_20192020.jpg

 


 

Ursula von der Leyden

Presidente Eleita da Comissão Europeia

O meu programa para a Europa

 66881562_10157231337404280_1585032619454627840_n.jpg  


 bola.png

  


  HORÁRIO

Segunda a Sexta
9h00 - 12h30

  13h30 - 18h00 


CONTACTOS

Av. Dr. Nicolau Carneiro, 196

4590-512 Paços de Ferreira

T. +351 255 147 314

     +351 916 096 155 

Email: europedirect[a]profisousa.pt

Facebook

Instagram 

Twitter


 

Se já contactou um Centro Europe Direct, p.f. avalie aqui  a sua atuação.